• Português
  • English
  • Español
  • Français

Usted está aquí

Resumo executivo

Apesar do reconhecimento normativo da importância das políticas sociais para o bem-estar e desenvolvimento humano conforme estabelecido no direito humano à seguridade social universal em várias declarações, convenções e tratados internacionais, o provimento da seguridade social, particularmente nos países em desenvolvimento, está longe de ser universal. A Rede de Conhecimento de Laboratórios de Políticas Públicas em Seguridade Social Universal tem como objetivo expandir e compartilhar conhecimentos para empoderar atores no processo político-social no sentido de incidir politicamente e alcançar a seguridade social universal. Para alcançar esse objetivo serão constituídos espaços públicos para o desenvolvimento dinâmico de entendimento e mobilização.

Esses espaços de conhecimento serão tanto virtuais quanto presenciais, disponibilizando um banco de materiais de referência bem como locais para discussão a fim de construir dinamicamente entendimento conceitual e prático.

A Rede visa especificamente:

1.        preparar pesquisa sobre casos bem sucedidos de progresso para o universalismo, cujos resultados serão disponibilizados em formatos acessíveis para um grande público;

2.        facilitar o compartilhamento de conhecimentos acumulados com pesquisas e práticas por meio de uma variedade de recursos complementares: 1. desenvolvimento de um centro de referência online para a disseminação do conhecimento acumulado; 2. organização de grupos em diferentes regiões para atuar como pontos focais para a acumulação e disseminação de conhecimento; 3. tradução do conhecimento em vários idiomas para permitir uma sistemática fertilização linguística cruzada, a qual não existe atualmente; e 4. promoção de contínua discussão presencial em seminários viajantes regulares como um espaço público para consolidação, motivação e mobilização.

A Rede de Conhecimento para a Seguridade Social Universal é um laboratório para o desenvolvimento de conhecimento e entendimento, e para exercitar a incidência política.